ADOLESCER

Adolescência e Família

A adolescência por ser uma passagem muito importante e complexa no processo evolutivo, necessita de apoio sistemático, firme e contínuo da família. Os pais devem ter um manejo coerente e relações verdadeiras com seus filhos. As normas devem ser claras e as regras bem definidas.O NÃO deve sempre ser uma negativa dita com firmeza e convicção sem sentimentos de culpa.

As funções da família para com o adolescente devem ser: 1) NUTRITIVA (oferecer afeto e amor); 2) NORMATIVA (colocar limites, normas e ordens). Cabe a família oferecer proteção e apoio aos filhos, ajudando-os a fazer a passagem para a vida adulta, de preferência, sem receber dois rótulos: PSIQUIÁTRICO (internação por adição de drogas ou outro motivo) e JUDICIÁRIO (por envolvimento em pequenos delitos, brigas, acidentes de trânsito entre outros).

É dever da família avaliar de maneira realística os perigos reais (companhias inadequadas, situações de risco como gravidez na adolescência, doenças sexualmente transmissíveis). Procurar estabelecer proibições firmes quando avaliar que o adolescente está exposto a uma situação de risco, mesmo que sua ordem seja uma frustração para o filho. A frustração ajuda a pensar e a crescer, ela só é considerada patogênica quando acontece de forma contínua e sistemática. O NÃO dito de forma firme funciona como um organizador psíquico. Saber estabelecer de forma realística as proibições visando proteger e educar o seu filho adolescente, sem se sentir culpado pela sua decisão enérgica.

Deixar claro para o filho adolescente os valores morais e éticos da família. Isso é importante para nortear a sua conduta.